quarta-feira, novembro 18, 2009

Caminhada do vale do Sousa Neolítico / Românico


Caminhada Vale do Sousa /Tâmega do Neolítico ao Românico
Os caminheiros cumpriram o agendado como é habitual, não olhando à chuva que anteriormente amedrontou tanta gente, chuva esta que não caiu em momento algum em que se caminhava nos locais de grande beleza.
Caminhar em terras de Penafiel, Luzim e Boelhe é diferente. Dou os parabéns à gente de Luzim aos jovens e crianças que souberam comportar-se como gente grande em todo o trilho por onde se passou, isto em alguns locais bem difíceis, mas eram um teste às capacidades de cada um, assim como ao Presidente da Junta de Luzim que deixou o que tinha para fazer para nos acompanhar pelas suas terras de Luzim.
Cantos e recantos foram vistos como as gravuras de Lomar, Menir de Luzim, moinho de cisterna que foi admirado em Boelhe, a igreja do românico, um olhar sobre o Rio Tâmega e sua ponte de Abragão, lindas e belas casas senhoriais ao abandono bem admirados nesta caminhada realizada em Luzim no dia 14 de Novembro, que saiu do centro de Luzim.
Este evento levado a efeito pela AARIS Rio Sousa e ADVBestança, estas Associações unidas com os mesmos objectivos, em olhar o património, natureza e ambiente, tende as componentes da divulgação do nosso turismo, lazer e da Saúde tal como o fizemos com a DIABETES. A participação de muitos e muitos caminheiros vindos de toda a parte do País e ainda com os verdadeiros caminheiros de Luzim mostraram que em Penafiel é um dever cumprir com a da sua participação nestes eventos sem gastos, sem ser necessárias estradas e grandes obras para os habitantes caminharem. Indiquei-lhes um caminho desconhecido para muitos, agora para as próximas caminhadas saberão o que fazer sozinhos dar o melhor do que aprenderam.
E porque é um dever ou melhor uma obrigação que todos participem nas caminhadas do Vale Sousa / Tâmega. Conheceram o neolítico conheceram o românico e todos nós aprendemos a conviver com a nossa gente, as nossas terras com os nossos monumentos com a Rota do Românico onde estivemos e por onde passamos, assim como pelo museu onde viram a admiraram o que em lado nenhum tinham visto e o terminar na feira de S. Martinho, com o melhor do nossos turistas, por um bom turismo na nossa região.


Posted by Picasa